Connect with us

Música

Daya Luz se destaca no cenário musical com suas produções impecáveis

Avatar

Published

on

Daya Luz se destaca no cenário musical com suas produções impecáveis

Dayane Luz Bomfim, conhecida pelo nome artístico Daya Luz, nasceu na comunidade de Americanópolis, periferia da cidade de São Paulo. De origem humilde, desde criança sempre sonhou em ser cantora, mesmo sem nenhuma referência musical na família.

Além desse sonho, a dança sempre fez parte de sua vida, mas nunca levou, a princípio, esse lado artístico como profissão. Ela se dividiu entre a paixão pela dança e o trabalho na área financeira, enquanto cursava administração, descobriu por acaso o teste para vaga no corpo de balé do Domingão do Faustão. Despretensiosamente, decidiu se inscrever e para sua surpresa foi aprovada, permanecendo no elenco do dominical por dois anos.
Durante o período na Globo, Daya andava pelos corredores cantando, até que foi descoberta por produtores da indústria musical, que apostaram no seu talento e propuseram lançá-la como cantora. Em busca do seu sonho de criança, Daya decidiu aceitar e focar na música.

Em 2016, fez sua estreia na música com o single “Olha Pra Mim”, acompanhado de um videoclipe gravado em Los Angeles, com direção de Neville Page – mesmo diretor de efeitos especiais de “Avatar”, filme que é sucesso de bilheteria no mundo todo. Na sequência, “Te Dominar” foi uma canção produzida especialmente para o jogo “Just Dance”, da Ubisoft. Com esta canção, Daya foi a segunda brasileira a fazer parte da trilha do game.

“Tudo de Bom” foi lançada em 2017. A canção traz como temática o amor e como é bom amar, com batidas fortes misturando o ‘Pop Trap’ e instrumentos orgânicos que marcaram este ritmo dançante. O clipe foi gravado em Los Angeles, com Daya exalando sensualidade. O projeto deu início à parceria com o renomado diretor Alfredo Flores, que já trabalhou com Ariana Grande e foi responsável por produções dos cantores Justin Bieber, Rihanna e Selena Gomez.

Executada também em Los Angeles por Curt Schneider, também responsável por produções de Maluma, Shakira e Luis Fonsi, Luz lançou “Depois Não Chora” em 2017, com roupagem latina misturando batidas de reggaeton. Para a versão em vídeo da música, o cenário escolhido foi um nightclub da cidade, com sequência de dança coreografada pela francesa radicada nos EUA, Laure Courtellemont. Para direção, Daya repetiu a parceria de sucessos com Alfredo Flores.

Em sua primeira parceria musical, em 2018, chegou “Vai Pirar”, ao lado do cantor Buchecha, que logo entrou para lista das 50 Virais do Brasil do Brasil no Spotify. Com letra enfatizando a força da mulher independente, ganhou um clipe com animações em 3D e efeitos visuais, onde os cantores aparecem em clima de total descontração em um cenário de game.
Baseada em suas histórias pessoais, no mesmo ano, lança “Virar o Game”, canção traz elementos que permeiam sua vida e a mudança pela qual passou. O clipe foi gravado na comunidade Tavares Bastos, na zona sul do Rio de Janeiro, mostrando a história de uma menina da comunidade que tinha o sonho de ser cantora.

Para o single “Descontrolar”, ainda em 2018, Daya chegou para contagiar e fazer as pessoas dançarem, marcando presença na campanha da marca Samsung. Sua versão em music video a audição contou com mais de 200 bailarinas locais, que se inscreveram para seletiva do clipe que foi gravado em Los Angeles com direção de Alfredo Flores, dando continuidade a esta parceria.

Em 2019, lançou sua parceria com a Faber Castell com sua primeira balada romântica “Digo Sim”, tocou nas principais rádios de MPB do Rio de Janeiro, ficando em primeiro lugar nas mais pedidas. Seu clipe traz a mistura de live action e animação em 2D. também ganhou um remix “Selva” e posteriormente um remix com o Dj Batuta.

Com essas novidades e roupagem única em sua carreira, Daya recebeu convite de agenciamento de uma empresa de entretenimento em Portugal, se lançando no país europeu com shows e um tour promocional, mas o amor pelo Brasil falou mais alto. Após quatro meses, retornou ao país natal como dona de sua carreira.

Sempre buscando os melhores e mais renomados profissionais do audiovisual, a cantora preza pela excelência e qualidade de entrega em seus trabalhos, para 2020, trouxe as referências do pop e brega funk com o single “Foguenta”, fazendo reverência à energia contagiante do nordeste brasileiro e evidenciando o empoderamento e a importância da autoestima da mulher. O videoclipe foi gravado em comunidades da capital pernambucana, que serviu de cenário para colorir cenas repletas de coreografias, sendo um dos hits do carnaval.

Continuando bem ativa em seus lançamentos, a cantora lançou “Eu e Você” mostrando sua versatilidade, com várias referências nacionais. Mesmo durante a pandemia, não parou com seus projetos e divulgou “Primeiro Lugar”, que teve suas gravações divididas entre as cidades de Paris, Los Angeles, Rio de Janeiro e Brasília, com uma audição demais de mil bailarinos do mundo inteiro. O objetivo era ajudar os dançarinos que tiveram sua renda reduzida por conta da dos desdobramentos da COVID-19.

Na sequência, nasceu “Exclusivo”, com uma temática mais íntima, inspirada no novo formato de relacionamento imposto pela quarentena devido a pandemia -relacionamento de internet. A canção não veio sozinha, chegou com um videoclipe, cheio de atitude.

Ainda ano passado, chegou a vez de “Criminosa”, uma música que fala de empoderamento feminino (tal single ganhou posteriormente versão remix em parceria com DJ Agatha). A última canção lançada veio da parceria com Pepita, em “Recruta”. Em sua versão de videoclipe, a intérprete decidiu levar essas potências para a guerra, com figurino e cenários inspirados no ambiente militar, subvertendo a ordem dos quartéis.

Hoje, conquistando cada vez mais espaço no cenário musical brasileiro, a cantora promete diversos lançamentos e parcerias. Daya Luz é um nome que ainda ouviremos falar.

Jornalista, 23 anos, produtor de conteúdo, trabalho com marketing digital na indústria fonográfica. E-mail: [email protected]

Advertisement