Dada Yute lança versão acústica de “Ainda Dá Tempo” produzida por Ruxell

Os fãs de reggae vão contar com um novo som para curtir este fim de semana. O cantor Dada Yute lança, em um feat com o beatmaker Ruxell, a versão acústica da faixa “Ainda Dá Tempo” nesta sexta-feira (10). A música, que já está disponível em todas as plataformas digitais, é um lançamento do Inbraza, selo pop da Som Livre em parceria com a Liga Entretenimento e com a assinatura dos Dogz (que além do próprio Ruxell, conta ainda com Pablo Bisco e Sergio Santos), do qual ambos os artistas fazem parte.

A faixa, cuja versão original já havia sido lançada pelo artista em janeiro no EP homônimo, chega também com um clipe no canal do Inbraza no YouTube na mesma data – assista aqui. Com direção de Ygor Oliveira, o vídeo apresenta uma estética rústica-chique. Dada aparece no centro de uma sala ampla, produzida majoritariamente com elementos de madeira, decoração vintage e repleta de plantas, no melhor estilo urban jungle. O destaque do cenário fica por conta da poltrona de estilo colonial onde o cantor aparece sentado, iluminado por uma luz natural suave que funciona como um sutil holofote, fazendo com que o artista encarne o papel de uma espécie de mensageiro.

O esmero estético não é por acaso. A atmosfera tem papel essencial na transmissão do conteúdo da letra, que tem uma mensagem de incentivo e esperança. Bastante apropriada para os tempos atuais, a música conta com trechos como “Sei que não foi fácil pra você / sei, você pensou em desistir / mas o sol nasceu pra te fazer sorrir / ainda dá tempo pra gente ser feliz / ainda da tempo pra ser o que sempre quis” .

O cantor e compositor Dada Yute afirma que a mensagem está carregada da sua própria essência, mas que a beleza está no potencial motivacional para quem a escuta. “Essa música é muito especial pra mim e ganha um clipe em um momento relevante e crucial. Vem para nos dar mais força, fé e, acima de tudo, esperança, não só para passar esse momento único que vivemos como para fazer com que as pessoas pensem em suas vidas e reflitam. Independentemente da idade, do sucesso ou dos fracassos enfrentados, ainda dá tempo pra ser feliz e ser o que sempre se quis”, explica Dada Yute.

Em função das normas de distanciamento social, a gravação do clipe não contou com a presença física de Ruxell. Contudo, o artista se faz presente por meio de uma foto na parede, com o bordão “Ruxell No Beat” desenhado, assim como pela interferência de seu beat no ritmo da canção. “Estou muito feliz de estar lançando essa música nessa versão acústica, que ganhou uma roupagem para que as pessoas se conectem cada vez mais com a profundidade da composição. Eu espero que ela funcione como uma injeção de boas energias e coragem para quem acaba se colocando pra baixo e que possa trazer esperança e força”, diz o integrante dos Dogz sobre sua colaboração na faixa.

Sobre a expectativa para o lançamento, Dada acredita que a mensagem é o que há de mais importante. “Espero que as pessoas se identifiquem com esse som e que as ajude de alguma forma, principalmente a encontrar forças para enxergar o que há de melhor em nós. Que possamos resgatar nossas melhores qualidade e olhar para nossos defeitos como degraus que nos levaram a enxergar nossa capacidade máxima de realmente sermos o que queremos ser”, finaliza ele.

Written by Gustavo Neves

Além de gerenciar o conteúdo do portal, trabalho com marketing digital na indústria fonográfica com serviços prestados à gravadoras e grandes artistas.

ViewImage 3 1

“Pessoal Particular”, de Seu Jorge, ganha versão soul funk por Flavia K

CP25Anos Divulgacao1

Ouça “CP 25 Anos, Pt. 2 (Ao Vivo)” do Calcinha Preta com Raí Saia Rodada