Conheça a voz por trás da Hitmaker

A voz da famosa tag “hit-ma-ker” é da Maitê Barboza de apenas 5 anos.

Maitê Barboza
Créditos: Maitê Barboza

Presente em hits de Anitta, Lexa, Rebecca e Ludmilla, a voz da famosa “Hit-ma-ker” é da Maitê Barboza de apenas 5 anos de idade. A pequena é filha do Wallace Vianna, CEO, produtor e compositor da Hitmaker. Ele conta como surgiu a ideia de usar a voz da Maitê como vinheta nas produções da hitmaker.

“Eu e meu sócio queríamos colocar uma tag da Hitmaker nas nossas músicas, e a Maitê sempre pediu para cantar, para ir no studio, então levamos ela uma vez e gravamos o “hit- ma-ker”, ficou incrível o resultado, além de ser chiclete, também ficou fofo e bonito na voz dela. Assumimos a tag porque tem uma ligação familiar, eu sou pai e o meu sócio é padrinho dela, então atrelamos esse carinho e energia de família à produtora.” Revela Wallace.

A vinheta se tornou um sucesso em todo o país, impossível não soletrar “hit-ma-ker” ao cantar músicas como Combatchy, Cancelaram o Carnaval, Favela Chegou e Bota o Colete, Wallace relembra quando percebeu que tag estava na boca do povo:

“Nós percebemos que a música virou um sucesso em dois momentos. Um foi quando comecei a perceber que todo mundo nos shows estava cantando a tag, todos cantavam o “hitmaker” como se fosse parte da letra, então vimos que estava dando certo.
E o segundo caso é engraçado, eu e a Mariana, minha esposa e mãe da Maitê, fomos chamados na escola da nossa filha porque ela estava contando para todo mundo que cantava com a Anitta, com a Ludmilla, com a Lexa, a diretora pensou que ela estivesse com algum distúrbio de mentira. Nós explicamos que era verdade porque ela carimba a voz do “hitmaker” nas músicas e que depois vem a voz dos artistas, todos já cantavam, as pessoas só não sabiam que a voz era dela.” Conta

E não foi apenas coincidência a voz da pequena ter casado tão bem com a tag, Maitê tem vivência em studio e uma ligação muito forte com a música, pois sempre observou o pai produzindo, compondo e cantando:

“A Maitê conseguiu puxar todas as minhas qualidades da música e todas as qualidades da mãe dela da arte, que também canta, compõe e atua. A Maitê veio muito completa e melhorada (risos) ela faz coisas aos 5 anos que eu aos 11 não fazia, como cantar afinadamente. A vivência dela na música é algo muito natural, porque ela desde sempre tem acesso à arte, ela sempre me viu compondo, cantando, ela gosta de estar nos studios, quando está de férias, ela quer ir pro studio comigo, ela gosta de me ver produzindo, enfim, ela ama música! Ela entra no carro e a primeira coisa que faz é pedir para ligar o rádio, ela não consegue ficar sem música, é uma ligação muito forte e muito bonita.” Comenta Wallace

Ele também fala que vê futuro da pequena Maitê em umas das maiores produtoras do Brasil e conta que a filha é uma inspiração para a Hitmaker:

“A Maitê serve de inspiração para mim e para a hitmaker em vários âmbitos, o simples fato de levantar da cama todos os dias e ter um propósito, que no início da minha carreira era a minha avó, hoje em dia é a minha filha. Ela também é inspiração nas minhas composições, já fiz músicas para ela, uma inclusive se chama “Sopro de Deus”. E claro, a conexão da Maitê com a música é algo que a aproxima demais da Hitmaker. Ela tem uma afinação muito incrível para a voz dela, ela pede constantemente para gravar, para ser cantora e recentemente começamos a gravar alguns conteúdos para familiarizá-la com o studio, embora pareça que ela nasceu dentro dele, ela já sabe como funciona, sabe gravar, sabe interpretar, é realmente impressionante para uma criança de 5 anos.” Finaliza.

Tuca Oliveira estreia a turnê “Esse Momento” no Rio de Janeiro

MOOC é agência criativa por trás do rebranding de 15 anos do Festival Latinidades