Concê, SCALON e Bea Duarte se unem em “Tiro de Canhão”

“Cuidado com a maré pra não se afogar”. Com esse aviso de precaução, os cantores e compositores Concê, SCALON e Bea Duarte – jurada no “Canta Comigo Teen” – apresentam o novo single “Tiro de Canhão” que chega nesta sexta-feira (9), em todos os aplicativos de música. O trio se une em um pop funk cheio de energia que traz o universo de “piratas” e “sereias” para fazer todo mundo dançar. O clipe da produção, gravado na praia de Guaíuba, no Guarujá, vai ao ar na próxima terça-feira (13), às 19h, no canal do YouTube do SCALON.

Concê já havia trabalhado em parceria com SCALON no single “O Golpe Tá Aí” e participou do clipe de “Lilith” de Bea Duarte, artista que trouxe a ideia de compor um pop funk e animou os demais. “Eu também estava querendo fazer uma música pra dançar, com coreografia. Quando soube do mesmo interesse da Bea, a convidei pra uma sessão de composição com o Mateus Melo. Concê também foi para o estúdio nesse dia. Por fim, escrevemos a música e decidimos gravar juntos”, narra SCALON. “Eu e Concê temos muitos fãs em comum que pediam pra fazermos um feat. Sempre existiu essa ideia de fazer algo envolvendo sereias e, quando surgiu essa música, logo no refrão, a gente sabia que era isso”, completa Bea Duarte.

Para Concê, o processo também fluiu de forma natural, somando as ideias de letra e métrica de um jeito que funcionava para todos. “Eu amo compor em collabs porque a letra que sai é sempre um ‘Megazord’ das ideias de todo mundo envolvido. Fica muito mais legal com amigos porque meio que dividimos o mesmo neurônio às vezes. Isso aconteceu muito na construção dessa música”, destaca.

‘YO HO’

Produzida no estúdio da 48K, além dos elementos do pop funk, “Tiro de Canhão” traz referências para os mais atentos. A música tem um trecho de ‘Yo Ho’, inspirada em uma trend do TikTok que trouxe de volta a música “Hoist The Colours”, do filme Piratas do Caribe. “Esse trecho estava na nossa cabeça e conseguir encaixar uma interpolação deu o toque especial para essa música. Na composição, Concê lembrou do Tom, criador de conteúdo que viralizou com a trend. Ele é meu amigo e topou cantar essa parte da música”, conta Bea.

Apesar desse estilo não ser o ‘carro chefe’ da carreira de nenhum dos três artistas, “Tiro de Canhão” entra em um lugar de afinidades de ideias e de gosto musical quando o assunto é se divertir. “Eu gosto muito de cantar o que eu quero ouvir. Mesmo que a gente não esteja acostumado a cantar este estilo, é algo que gostamos de dançar e curtir nas festas. A sonoridade da música traz uma combinação de tudo que a gente gosta de ‘bater raba’ ouvindo na balada”, enfatiza Concê.

FIGURINO E COREOGRAFIA

Para finalizar a produção da canção pensada com tanta animação, nada melhor que uma boa coreografia e figurinos marcantes. São nesses elementos que os artistas apostaram para o clipe de “Tiro de Canhão”, produzido pela Dream Movies e dirigido por Tiago Nascimento. O material ainda conta com a participação dos dançarinos Ruan Trindade, Kharen Fuentes, Karen Marques e Keny Henrique, que assina a coreografia.

“Produzimos algo que os fãs de nenhum dos três estava esperando. A música e o clipe tem muitas referências que, conforme as pessoas forem assistindo e ouvindo, sempre poderão descobrir algo novo”, comenta Bea Duarte. “Está tudo visualmente incrível. Não só pela filmagem absurda, mas também por conta dos figurinos bem legais e a coreografia que está uma delícia de assistir”, finaliza Concê.

Cantor mineiro, deco., estreia unindo R&B e Pop em canção inédita “deletérios”

London Bridge Down: quem é comunicado primeiro caso a rainha morra?