in

Clara Levy quer divertir o público com as “regrinhas do flerte” no novo single “Ô Seu Cupido”

Captura de Tela 2024 03 12 as 13.32.03 POP CYBER
Créditos: Yasmin Dias

Discutindo sobre as famosas regrinhas dos flertes e relacionamentos, a cantora e compositora Clara Levy, uma das apostas da nova cena da música brasileira, lança nesta sexta-feira (15), sua mais nova música de trabalho, a divertida canção “Ô Seu Cupido“.O novo som estará disponível em todas as plataformas digitais e chega pela produtora e selo independente Doody Records

Escrita pela própria artista em colaboração com o produtor musical Layn Lessa, a faixa foi inspirada na história de uma amiga de Clara, que após acompanhar de perto o início de um relacionamento e vê-lo chegar ao fim, começou a construir a letra. “Ela se entregou para o cara, que de início também havia demonstrado que sentia o mesmo, mas no final deu pra trás. Daí saiu a letra. É claro que teve sim um pouco de ficção em tudo, quis brincar com essa ideia de ser ‘emocionado x desapegado’, que na minha concepção é só um rótulo pra dizer quem se entrega mais ou quer viver mais intensamente ou não”, revela a cantora.

“Ô Seu Cupido” chega carregada de críticas à uma sociedade que busca impor e ditar regras sobre como se deve ser um relacionamento. “Eu acho que o amor é livre, sabe?”, comenta Clara. “Não tem passo a passo. Não tem isso de que não pode mandar mensagem demais, ligar, pipipi popopó (risos). Tem gente que não dá certo simplesmente porque não deu e gente que é super emocionado, ou seja, já deu certo de primeira e pronto, fica pra vida toda”, ela completa.

A cantora conta que além de trazer a temática, também buscou trazer uma leve pegada de humor e abordar sobre as possíveis “regrinhas do flerte para conquistar alguém”. Na canção, a personagem decide não seguir o que é imposto e o famoso “cupido” a pune e torna o relacionamento impossível.

“Está uma música bem divertida. E eu até coloco no final ‘amiga, eu mandei muita mensagem pra ele ontem… Será que ele vai me ligar?’, pra brincar justamente com essa coisa de ‘ter que controlar’ sua emoção”.

Com sonoridade suave, a Clara traz um pop leve mesclado com uma bossa nova e perfeito para escutar em momentos tranquilos, em viagens, praia. “Minha voz está super suave e tento trazer uma interpretação meio afobada no meio da música, com a percepção de ‘ansiedade’ quando canto a parte ‘tempo ocioso, ansiosa demais para tentar explicar/ritmo vicioso, só dessa forma sei me expressar’, como se realmente estivesse naquela ansiedade por estar demonstrando o que sinto. Acho que o jeito que canto a música, ela apresenta essa dualidade da suavidade com a ansiedade do meio. Eu particularmente gostei bastante (risos)”, completa.

Sobre expectativas para o lançamento, ela afirma: “Desde meados de fevereiro já comecei a campanha de lançamento e o público está abraçando muito bem a ideia. Tenho feito algumas enquetes, tentando inserir as pessoas nessa discussão do que é ser emocionado e eu estou gostando bastante do resultado, porque acho que esse assunto é bem atual, sabe? Então, estou muito animada para o lançamento. Prevejo bons números, um bom resultado de ouvintes mensais e principalmente identificação. Estou em um momento da minha carreira que busco consolidar minha base de fãs para que eles se identifiquem comigo, como CLARA, artista. E isso vai se tornar cada vez mais presente: buscar trazer um trechinho de mim em cada lançamento”, finaliza.

WhatsApp Image 2024 03 15 at 09.52.51 POP CYBER

Marc Yann e Allan Loppes se unem a Felipe D’Orazio no novo single “Jovens Cansados”

TheManhattans2 POP CYBER

Histórica banda norte-americana The Manhattans faz show em Campinas no mês de julho