CHAMELEO lança versão clean do hit “Você Me Fu*”

CAPA 1
(Foto: Assessoria de Imprensa)

Nome em ascensão do gênero indie pop do país, o cantor e compositor CHAMELEO lançou em julho deste ano a canção “Você Me Fu*”, trazendo para suas músicas uma proposta mais pop.  A música, que tem batida eletrônica, sensual e vibrante, fala sobre um relacionamento conturbado e intenso. Já o clipe é conceitual, com referências ao movimento de arte Neo-futurista, além de enaltecer a sensualidade, com grandes pitadas ao longo das cenas. E conta hoje com mais de 20k de visualizações no YouTube. Pensando em todos os públicos, hoje o cantor lançou em todas as plataformas digitais a versão clean da música.

Com apenas 26 anos, o cantor curitibano é uma das grandes apostas do cenário indie pop no Brasil. CHAMELEO é apaixonado pelo meio artístico e suas diversas facetas, além de sempre explorar seu lado criativo e sua proximidade com o mundo da moda. O cantor é uma eterna metamorfose, sempre pronto para novas descobertas, permitindo-se ao novo, ao desconhecido.

Morando em São Paulo há cerca de um ano e meio, o artista possuí em sua coletânea seu primeiro single, “Better Land”, que foi lançado em 2017. Já em 2019, lançou o EP                                                  “utopiaTABOO”, com 7 músicas, que trouxe para debate a fragilidade humana livre, sem julgamentos e pré conceitos.

Nessa coletânea, destaques para “Carne”, onde clipe é como uma alegoria para falar da morte e “Colorblind”, com gravações na Índia, mostram uma redescoberta de Chameleo, uma viagem para si mesmo, trazendo seu olhar ao país, um olhar único dele, singular.

Depois disto lançou diversas músicas como “Limbo”, que foi feito durante o processo de quimioterapia que passou, seguida por “Mind Games”.

Atualmente, o artista, que é independente, possui mais de 15,9k seguidores nas redes sociais e mais de 13 mil ouvintes mensais só no Spotify.

Letra:

Mais uma vez acho que não era pra ser

Fui pra fritação só pra  te ver

Virei meus olhinhos pra encontrar você

Achei que a gente ia dançar juntinho até amanhecer

Eu sei que cê nunca me prometeu nada

Lembra do que eu disse pra você lá em casa

Ontem me virou do avesso e agora vira a cara

No fim você também não valia nada

Cê me enlouqueceu

E não é do jeito que a gente gosta

Você logo me esqueceu

E depois virou as costas, virou as costas

Eu me entreguei demais,

Não vou mentir

eu acho que me abri demais,

Mas Não te culpo se não for capaz

Nunca fui fã de relações convencionais

ce me enlouqueceu

E não é do jeito que a gente gosta

Você logo me esqueceu

E depois virou as costas

Cê me enlouqueceu

E não é do jeito que gente gosta

Você logo me esqueceu

E depois virou as costas

Mas tipo assim, se quiser fu** daquele jeito

Vem de zap

Só não fo** com a minha vida

Demorou?

Written by Gustavo Neves

Além de gerenciar o conteúdo do portal, trabalho com marketing digital na indústria fonográfica com serviços prestados à gravadoras e grandes artistas.

Imagem1

Kelly Diaz lança “Tirando de Trapstar”

1

Bárbara Labres lança single “Me Ama Mentindo” e entra em Top 200 Spotify com “Hoje É Rave”