Connect with us

Música

Cantora e compositora Ina Magdala lança a emocionante “Ode to Mama”

Published

on

Copy of 260A0577
Fotografia: Divulgação

A cantora e compositora Ina Magdala, uma das apostas da Alma Music Group, lança nesta sexta-feira o seu mais novo single, “Ode to Mama” em todas as plataformas digitais. A faixa chega acompanhada de um lindo videoclipe gravado em Sintra, Portugal, e dirigido por Dauto Galli.

“‘Ode to Mama’ é uma música que compus como homenagem à minha avó Nadir, logo após o seu falecimento”, conta Ina. “Um exemplo de fortaleza, dedicação e perseverança, ela sempre transformou dificuldades e desafios em oportunidades de superação. Finalmente compartilhar com o mundo essa faixa significa poder honrar não somente minha avó, mas também todas as mulheres que são sinônimo de inspiração. Mulheres que através do exemplo de suas trajetórias de vida nos empoderam e instigam a acreditar, batalhar e ir mais longe”, aponta.

Mesmo tendo como tema um assunto que poderia tornar a música melancólica, “Ode to Mama” é uma canção leve e graciosa, com um arranjo intimista de voz, piano e trompete. Esta decisão foi proposital e Ina explica: “A intenção da música é expressar as saudades de um modo meditativo; claramente a dor da separação é inevitável mas a aceitação do ciclo natural da vida também deve ser. Ao contrário da maioria das músicas que falam sobre partidas, a minha vontade não é transmitir o sofrimento que a falta traz, mas sim a gratidão pelos momentos partilhados. Por isso a escolha de elementos que trazem leveza e graciosidade, conduzindo os sentimentos para um lugar singelo de contemplação. ”

Gravado na cidade de Sintra (Portugal), o clipe de “Ode to Mama” traz uma linda dança de nado sincronizado com participação de dançarinas da equipe oficial de Portugal. Além disso, o clipe também conta com referências à obra “A criação de Adão” de Michelangelo e homenagens a várias mulheres inspiradoras para a artista, como Aretha Franklin, Clarice Lispector, Henriqueta Lisboa e Elis Regina. O elemento água é a peça chave deste cenário: “A ideia principal foi trazer a água como exemplo de elemento natural de transformação; ela tem a capacidade de contornar obstáculos e de construir pacientemente através de sua adaptabilidade – não se prende a uma só forma e muda de estado naturalmente para se perpetuar. Acredito que a essência da vida também é assim; a existência material é apenas uma das muitas maneiras na qual nos manifestamos e a morte marca uma mudança de estado inevitável para todos nós. A água também é símbolo de movimento e fluidez, e por isso convidamos as dançarinas aquáticas para essa interseção de artes que fez com que o clipe de Ode to Mama se tornasse tão especial”, conta Ina.

Sobre as expectativas para o lançamento deste trabalho tão especial, a artista espera que “Ode to Mama” acalente os corações de quem também perdeu entes queridos: “Estamos todos passando por um período de luto coletivo devido à pandemia, e eu espero que esta música possa ser um mantra de conforto para todos que perderam alguém amado. Espero que através dela possamos nos conectar, partilhar e nos unir em sentimentos de gratidão”, finaliza.

Carreira: Além de sua própria expressão, Ina Magdala procura através de suas composições transmitir mensagens que construam pontes e que impactem de maneira positiva o subconsciente e consciente de seu público.

Cantores que cantam com a alma são grandes inspirações para Ina, como por exemplo: Janis Joplin, Billie Holliday, Dinah Washington, James Brown, Elis Regina, Clara Nunes, Cazuza, Rita Lee, Cartola, Ella Fitzgerald, Nina Simone, Etta James, Chet Baker, Vinicius de Moraes, Tom Jobim, Beth Carvalho, entre muitíssimos outros!

A artista, que escreve poesias desde a infância e iniciou no piano aos 7 anos de idade, acredita no poder da arte como instrumento de transformação individual e coletiva. Ina passou o último ano em Portugal gravando suas primeiras faixas autorais em inglês que unem estilos como Jazz, Blues e Rock. Também gravou seu primeiro projeto de videopoesia “Chakras: Sonnets of Unity”, em que escreveu um soneto para cada chakra e realizou performances sobre os poemas, compondo seu primeiro livro audiovisual.

Em sua volta para o Brasil em 2021, a cantora assina com a Alma Music Group, onde passa a também a produzir canções em português. Seu primeiro single, “Gotta Get You”, lançado em agosto, já ultrapassou os 173 mil plays apenas no Spotify e o videoclipe está chegando nos 500 mil views apenas no YouTube.

Advertisement
Advertisement