Connect with us

Música

Biltre resgata vídeo de 1952 no clipe de “Cobra Coral”

Avatar

Published

on

cobracoralarte2

O vídeo é uma montagem feita em cima da performance “Snake Dance”, gravada em 1952, com os bailarinos Janine Janik e Christian Arnaut. Ela foi originalmente veiculada no programa The Colgate Comedy Hour, no canal americano NBC nos anos 50. O movimento da cobra feito na performance parecia prever o som que a Biltre ia fazer: um pop delirante e moderno que se encontra com tradições regionalistas brasileiras.

Formada por Arthur Ferreira, Dioclau Serrano, Diogo Furieri e Vicente Coelho, a banda traz um lado lírico entre o deboche e a sinceridade escancarada, embalado por melodias rasgadas e dançantes. Esse é o fio condutor de seus dois primeiros álbuns: “Bananobikenologia” (2015) e “Nosso Amor Vai Dançar” (2018). Recentemente, a Biltre recriou algumas de suas canções em formato acústico no EP “Let It Biltre” (2019) e lançou uma série de singles colaborativos com Tuyo (“Lara”), Lenine e Lucas Estrela (“Aceitar”) e Letrux (“Vamos Gozar”). O último lançamento foi a canção de verão “Degustar”.

“‘Cobra Coral’ foi feita antes mesmo da Biltre começar, quando a gente fazia música por internet. Cada um mandava um pedaço pro outro. Dessa vez eu e Arthur fizemos a base e o Marcelo Gehara fez a melodia e letra pegando de um texto bem informativo de algum livro”, conta Vicente Coelho. Gehara, que colaborou na música, é pesquisador e mora em Nova York, onde está se especializando sobre répteis.

“Bananobikenologia”, assim como toda a discografia da Biltre, está disponível em todas as plataformas de música digital. O clipe pode ser assistido no canal da banda no YouTube.

Advertisement