Connect with us

Música

Bianca e Psirico esquentam a temperatura em conversa caliente que marca o lançamento de “Tiro de Bumbum”

Avatar

Published

on

tirodebumbum scaled
(Foto: Divulgação)

“Vai rolar um lance, mas nem vem me falar de amor.”, é assim que a cantora Bianca já manda o recado logo nos primeiros versos de “Tiro de Bumbum”. A canção empoderada e com batida ideal para coreografias é o novo trabalho da funkeira em parceria com Psirico, e chega nas plataformas digitais nesta sexta-feira, 23. Junto com a faixa inédita, composta por Breno Casagrande em parceria com o produtor musical Cabrera, também será divulgado o clipe oficial.

“Tiro de Bumbum” é uma grande aposta da cantora para a estação, já que segundo ela tem muito a ver com seu próprio jeito de ser. “É como se a música falasse de mim mesma. Agora no momento eu não estou, mas eu sou muito desapegada”, confessa Bianca, que mais uma vez canta sobre o empoderamento feminino, ressaltando a liberdade sexual da mulher. O clipe, gravado à distância, traz um clima intimista, sensual, dança, poder e sonoridade que faz uma mistura perfeita entre Rio de Janeiro e Salvador.

As cenas prometem esquentar a temperatura com uma vídeo chamada bastante caliente entre os artistas. “Acredito que o público, em sua maioria, vai se identificar muito, porque é uma situação que reflete muito o nosso momento, em que por conta do isolamento, muitos casais ficaram distantes e as chamadas de vídeo pegaram fogo. A música traz justamente isso, uma conversa um pouco mais ousada entre duas pessoas que querem se relacionar, mas sem se apegar. O roteiro fala sobre uma mulher de atitude, que faz, acontece e sabe o poder que tem”, completa Bianca.

Com grande potencial de hit, “Tiro de Bumbum”, promete não deixar ninguém parado, além de surpreender positivamente os fãs da artista, que verão uma Bianca muito sensual e segura. As gravações do clipe contaram com equipe reduzida a quase zero e com a realização de testes de COVID em todos os envolvidos.

“Essa música tem uma pegada massa e que dá pra todos dançarem e o vídeo tem essa coisa moderna, colorido e dialoga bem com o público mais jovem que dança as coreografias da gente pela internet e por todo o Brasil. Tiro de bumbum é certeiro, vai ser um hit! Ela tem a mistura do pagodão baiano e do funk carioca tem uma conexão maravilhosa, essa música é cara do Brasil”, pontua Márcio Vitor do Psirico, acrescentando em seguida: “Gravar com Bianca foi uma delícia! Gostei de primeira o alto astral e de uma talento absurdo que ela tem!”, concluiu.

Uma das principais revelações do funk carioca em 2020, a cantora Bianca Azevedo Leal, ou simplesmente Bianca, vem ganhando cada vez mais notoriedade na internet. Nascida em Campos dos Goytacazes, no noroeste fluminense, descobriu seu talento para a música ainda muito nova. Começou como bailarina, mas sabia que seria com sua voz que se tornaria conhecida em todo o Brasil. Aos 16 anos, quando deixou toda sua infância e adolescência pobre, mas bem estruturada por sua família, para tentar realizar o sonho de ser cantora no Rio, tudo o que ela tinha era muita vontade e convicção de que esse era o caminho.

Aos 19 anos, a cantora hoje ostenta com muita felicidade o seu nome no Top 10 das artistas solo com mais ouvintes no Spotify. A lista, liderada por Anitta, conta também com outros nomes como Marília Mendonça, Luisa Sonza, Ludmilla, Giulia Be, Ivete Sangalo, Luana Prado e Iza, que guarda uma vantagem de 300 mil ouvintes para Bianca, que vem logo atrás dela na nona posição, com 3,6 milhões de ouvintes mensais. Yasmim Santos fecha o ranking.

Bianca também foi citada pela revista Billboard em uma lista em que indicou “20 cantoras latinas para descobrir antes de 2020 acabar”. A cantora carioca foi a única brasileira citada na lista, que trouxe nomes de artistas do México, Argentina, Colômbia e outros países latinos. A revista ressaltou que Bianca se tornou uma sensação viral no Brasil com o hit “Tudo no Sigilo”, canção que gravou em parceria com Vytinho NG. O vídeo da música lançado em fevereiro no YouTube conta com quase 80 milhões de views.

O Sucesso começou durante a quarentena, quando a faixa lançada em fevereiro de 2020, também liderou o ranking das músicas mais virais em plataformas digitais como Spotify, Deezer, TikTok, etc, se tornando a queridinha entre famosos nacionais e internacionais como Sina Deinert e Any Gabrielly, do Now United. Além de Larissa Manoela, Renato Aragão, Simone da dupla com Simaria, Luisa Sonza, Letícia Spiller, Agatha Moreira, Isis Valverde, Graciane Barbosa, Lore Improta, Aline Riscado, Bianca Andrade (Boca Rosa), Carlinhos Maia, Bárbara Labres e outros.

No embalo do sucesso da primeira, Bianca, que hoje mora num apartamento luxuoso, de frente para o mar, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, também lançou uma versão acústica da faixa “Tudo no Sigilo”, seguida por sucessos como “Cara-Metade”, que também não demorou muito para chegar ao seu primeiro milhão de visualizações e promete ir ainda mais longe. Além das empoderadas “Eles que lutem”, “Não Me Diga Que Não” (parceria com IGOR) e “Sem Perder a Pose” (parceria com MC Zaac).

A cantora, aliás, já vem dando grandes passos em sua carreira, que já vai além das fronteira do Brasil. Com quase três milhões de visualizações, sua primeira parceria internacional já conquistou até mesmo o jogador de futebol Neymar. O feat com a cantora Argentina Emília chegou nas plataformas digitais em forma de single e vídeo, gravado a distância por conta da pandemia de coronavírus. A música escolhida é “No Más”, que ganhou um remix especialmente para os brasileiros, “Já É Tarde”.

Jornalista, 23 anos, produtor de conteúdo, trabalho com marketing digital na indústria fonográfica. E-mail: [email protected]

Advertisement