BBB 22: Eliezer é acusado de assédio contra Jessi

A festa que rolou na madrugada desta quinta-feira (3) no BBB 22 acabou rendendo um momento controverso do designer Eliezer. É que ele está sendo criticado nas redes sociais.

Tudo por culpa de uma situação no mínimo deselegante que ele protagonizou com Jessilane na piscina.

Altinho, o rapaz começou a cercar a sister que tentava se desvencilhar. Ela nadou até a borda, mas o rapaz seguiu sua perseguição e a prendeu com os braços. Ela então pediu a ajuda de Linna.

“Sai, Eli. Para. Ô Lina, me ajuda. Ô Lina, me ajuda. Para, Eli, é sério. Por favor, para”, pedia ela sem que ele voltasse atrás ou deixasse a professora sair.

Foi então que um aviso da produção pediu que ele parasse com a brincadeira imediatamente. Nas redes sociais, o público se revoltou e pediu medidas drásticas contra o brother.

RACISMO

A equipe da influenciadora Jade Picon emitiu uma nota oficial em que se pronuncia sobre as acusações de racismo contra a participante do BBB22. É que após dizer que não pensa em ter um romance com Paulo André aqui fora, suas falas foram retiradas de contexto. Segundo a equipe, o vídeo é claro e mostra a sister se referindo à sua não vontade de namorar.

DECEPÇÃO

O brother Vyni desabafou durante a festa que rolou na madrugada desta quinta-feira (3) no BBB22. Ele contou que conversou com Eliezer e que ele revelou ter medo de ficar “a sombra” do brother. O cearense, então, disse como vê a questão e confessou que não correspondeu às expectativas.“Colocaram muita expectativa em mim, como se eu fosse uma estrela”, começou dizendo.

 

NA e Maríla Créditos Marcel Bianchi 4

Naiara Azevedo lança parceria inédita com Marília Mendonça

Público pede expulsão de Eliezer por suposto assédio contra Jessi