Connect with us

Eventos

Batalha de versos vai revelar 5 novos talentos do rap nacional na cena independente

Avatar

Published

on

As plataformas Fluve e TuneTraders uniram seus modelos de negócios em uma ação inédita a fim de descobrir novos talentos na cena do rap nacional e investir em suas carreiras. A parceria consiste em eleger cinco vencedores através de uma batalha de versos para artistas independentes. O prêmio inclui um pacote completo de investimentos para produção, lançamento, execução e rentabilidade de uma faixa, através de crowdfunding de capital artístico, distribuição digital e campanha de mídia online.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A iniciativa inovadora visa fomentar a cena do rap nacional independente, abrindo espaço e oportunidades para novos talentos no mercado fonográfico. O modelo de negócios aplicado consiste em ampliar a capacidade de investimentos em carreiras artísticas. A TuneTraders é a fintech que insere o formato do crowdinvesting na indústria da música, criando um elo profissional de investimento entre artistas e fãs. A empresa tem como ferramenta a inovadora tecnologia blockchain, conhecida pelas transações em moedas virtuais. A Fluve, uma plataforma afiliada à Som Livre, mas que atua de forma independente, entra na ação com sua expertise em distribuição digital e financiamento de parte da campanha de mídia nas plataformas de música. O projeto ainda conta com o apoio do Barrah Investimentos, um fundo de venture capital.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As inscrições para a batalha de versos deverão ser realizadas no site da TuneTraders entre os dias 20 e 31 de julho. Para participar, o artista deve possuir uma página oficial no Instagram e já ter lançado pelo menos uma faixa nas plataformas digitais. Após as inscrições, cada artista competidor terá seu verso postado no perfil @tunetraders_ no Instagram para a votação. Os cinco posts com os versos mais curtidos levam os prêmios. O anúncio do resultado tem data prevista para o dia 10 de agosto. Para mais informações sobre inscrição, mecânica e premiações acesse o site da TuneTraders.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para Júlia Braga, head comercial e digital da Som Livre/Fluve, a parceria é uma ótima oportunidade de unir forças do mercado digital em prol da descoberta e lançamento de novos talentos. “Contribuir com a construção e alavancar a carreira de artistas independentes de forma inovadora faz parte do DNA da Fluve. Neste contexto, a união com a TuneTraders, nesta iniciativa inovadora que promete revolucionar a forma com que fãs se relacionam com artistas, é mais um canal de ampliação do nosso modelo de negócios. É gratificante poder investir em uma ação que beneficia a cena independente do rap nacional, gênero que apresenta um diverso leque de talentos no nosso país e que a cada ano conquista mais espaço no cenário da música digital”, declara

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Marcelo Madueño, cofundador da TuneTraders, acredita que o formato inovador da empresa que alia o crowndivesting à tecnologia blockchain será o grande diferencial de capital artístico digital daqui para frente. “A TuneTraders tornou possível a conexão profissional entre um fã e seu artista através do cargo de sócio investidor. Todo mundo sai ganhando, o artista independente que precisa levantar capital para produzir e colocar uma música na rua e o fã-investidor, que participa de todo o processo se tornando um promoter dos trabalhos de seu ídolo, além de participar ativamente da rentabilidade dos projetos. Nossa expectativa para o concurso é dar voz para tantos rappers talentosos que merecem ser revelados para o grande público e apoiar cada vez mais o mercado de artistas independentes”, finaliza.

Como apoiadores do projeto, o fundo de venture capital Barrah Investimentos tem acompanhado de perto a TuneTraders e o mercado da música. Segundo Pedro Sirotsky e Luiz Caramez, membros do fundo, o setor de entretenimento tem chamado a atenção do ambiente de investimentos alternativos já há algumas décadas. “O desenvolvimento de novas tecnologias, junto da busca por maior eficiência e velocidade nas trocas de informações, vêm mudando toda a sociedade e a música não fica de fora. Só neste século vimos a digitalização dos fonogramas, o nascimento do IPod e seu consequente luto, downloads de músicas de qualquer lugar do mundo em softwares de computadores pessoais e mais recentemente a distribuição de álbuns inteiros em plataformas de streaming como YouTube e Spotify. Estas plataformas que, por acaso ou não, tiveram suas operações impulsionadas no início de suas jornadas por fundos de venture capital, como Sequoia Capital e Horizons Ventures, respectivamente. Apesar de todas essas evoluções, o ambiente da música ainda é extremamente fragmentado e carente de uma melhor troca entre os mais de 20 players que atuam nesse mercado. Olhando para esses problemas é que acreditamos que a TuneTraders possa ser uma completa revolução no mercado da música.”

Jornalista, 23 anos, produtor de conteúdo, trabalho com marketing digital na indústria fonográfica. E-mail: [email protected]

Eventos

The Weeknd no Super Bowl: conheça 4 cantoras que têm tudo para ser a segunda atração

Avatar

Published

on

Foto: Lana del Rey, Megan Thee Stallion e Doja Cat

Em novembro de 2020, foi anunciado que The Weeknd, cantor do maior hit do ano passado, de acordo com o Year-End Chart da Billboard, será atração no show do intervalo do Super Bowl – jogo final da temporada da NFL.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O evento acontecerá em 7 de Fevereiro de 2021 e a expectativa é que mais de 16,5 milhões de pessoas assistam ao evento na televisão, seguindo a audiência média alcançada em 2019. A tendência é que a quantidade de telespectadores aumentem neste ano, principalmente por causa do isolamento físico e da restrição da presença da torcida no estádio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A confirmação da presença de The Weeknd animou os fãs e também levantou apostas online sobre quem poderia ser a segunda atração a dividir o palco com o artista. Dentre os mais falados estava a cantora, rapper e compositora Doja Cat, que fez um feat com o cantor no remix de In Your Eyes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Megan Thee Stallion

Apesar de ainda não ter um featuring com The Weeknd, Megan Thee Stallion participa da lista de prováveis atrações por causa do sucesso estrondoso que fez em 2020. Antes mesmo de lançar seu álbum debut, a artista fez parte da lista dos 100 mais influentes do mundo pela Time – na qual o próprio cantor também foi mencionado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Doja Cat

Após fazer história em 2020 com seu hit ‘Say So’, que finalizou o ano em décimo primeiro lugar na Hot 100 Songs da Billboard, Doja Cat foi um dos nomes citados como possíveis atrações do show do intervalo do Super Bowl em 2021. A artista também fez recentemente um featuring com The Weeknd no remix de In Your Eyes, que já passou da marca de 22 milhões de visualizações no YouTube. 

Lana Del Rey

A cantora, compositora e poetisa norte-americana Lana Del Rey já teve alguns featurings de sucesso com o cantor, incluindo a faixa título do seu álbum “Lust For Life”, lançado em julho de 2017. Apesar de seu estilo musical ímpar, um featuring entre os dois durante o halftime show daria uma experiência inesquecível e icônica para os telespectadores.

Rosalía

Outra cantora que é uma possível atração no show do intervalo é a espanhola Rosalía. A artista já foi amplamente reconhecida nos Grammys e, em 2020, lançou alguns sucessos como TKN, canção que conta com o featuring do rapper Travis Scott. Além disso, foi uma das artistas femininas que participaram de remixes no mais recente álbum do The Weeknd, tendo integrado a nova versão de Blinding Lights.

Quais são as suas apostas para compartilhar o palco com The Weeknd durante o show do intervalo? Independentemente da segunda atração, os fãs do cantor acreditam que há grandes probabilidades de ser um show inesquecível.

Continue Reading

Eventos

Rock in Rio deve cancelar edição de 2021 nos próximos dias

Avatar

Published

on

Foto: Divulgação

Os organizadores do Rock in Rio 2021 entenderam que o melhor caminho não é continuar anunciando atrações como se nada estivesse acontecendo. O anúncio do adiamento da próxima edição deve ser feito nos próximos dias – tanto para a edição portuguesa quanto para a edição brasileira.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em setembro do ano passado, a organização do Rock in Rio oficializou as datas da próxima edição brasileira para 24, 25, 26 e 30 de setembro e 1, 2 e 3 de outubro de 2021. A produção estava confiante na iminência da vacinação em massa da população brasileira contra a Covid-19 – o que se revelou mais difícil. O cronograma do governo federal prevê que a totalidade do povo brasileiro só estará vacinada contra o coronavírus em meados de 2022.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nesta quinta (21/1), o Prefeito do Rio Eduardo Paes anunciou o cancelamento do Carnaval, até então adiado para julho. “Parece-me sem qualquer sentido imaginar a essa altura que teremos condições de realizar Carnaval em julho. Essa celebração exige uma grande preparação por parte dos órgãos públicos e das agremiações e instituições ligadas ao samba. Algo impossível de se fazer nesse momento”, declarou o político.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A produtora Live Nation, que responde por mais de 50% da sociedade do Rock in Rio, recentemente anunciou a compra da plataforma de transmissão ao vivo, com ingressos pagos, Veeps. A empresa foi criada em 2017 por Joel e Benji Madden, do Good Charlotte, facilitando o envolvimento entre fãs e ídolos, com conteúdo monetizado. É uma alternativa para o festival: uma edição virtual.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Rock in Rio tem histórico de investimento em tecnologia e inovação. Em 2017, realizou um show de drones na Cidade do Rock no intervalo entre alguns shows. Quem viu adorou.

Continue Reading

Eventos

Cerimônia do Grammy Awards 2021 é adiado

Avatar

Published

on

O Grammy Awards 2021 não vai mais acontecer neste mês de janeiro como programado. A cerimônia, marcada para o dia 31 nos Estados Unidos, foi cancelada por conta do agravamento da pandemia do coronavírus. A informação foi divulgada pelo site da revista Rolling Stone. A nova data aprontada para a premiação seria no mês de março.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A ideia era fazer a cerimônia apenas com os apresentadores e as atrações musicais, sem plateia. Nem os artistas indicados poderiam comparecer. Fariam aparições remotas.

“Os organizadores não confirmaram uma data nova, mas fontes dizem que eles estão visando realizar o evento em algum momento de março”, diz o site da revista Rolling Stone.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Grammy não tinha anunciado ninguém para a lista de performances. Havia apenas rumores de que Beyoncé, Taylor Swift, Harry Styles e até Adele poderiam se apresentar no evento, mas nada confirmado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Um comercial recente do Grammy Awards na TV usou a música “Don’t Start Now” da Dua Lipa. Para muitos, foi um indicativo de seu favoritismo na corrida pelo troféu. Para outros, um sinal de que a cantora também deveria se apresentar na premiação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Grammy 2021 tem como principais destaques Beyoncé, Dua Lipa, Taylor Swift e Roddy Rich. Esses artistas lideram o número de indicações.

Segundo o jornal The Los Angeles Times, a Califórina – estado onde será realizada a cerimônia – teve um pico de novos casos de Covid-19 nessa segunda (4/1): ao todo, foram 74 mil novos contágios pela doença. Veja a lista de indicados!

Continue Reading
Advertisement