Connect with us
[the_ad id="42828"]

Música

Banda da Hora lança seu single “E Se” acompanhado de clipe

Avatar

Published

on

O lançamento desta sexta-feira, dia 6/11, é o single “E Se” da Banda da Hora, lançado pelo selo Algorock e distribuído pela The Orchard. Além do single, a BDH também traz o clipe de “E Se”, dirigido pela produtora Pomar. A canção é precedida por “Live Particular”, single que teve expressiva execução em FMs cariocas e colocou o canal do YouTube do grupo no patamar de 1 milhão de views.

Advertisements

A ideia surgiu depois que Daniel da Hora (fundador da BDH) recebeu um convite de Alexandre Thai, para desenvolver uma canção que fosse um dueto cantado por um homem e uma mulher. Inicialmente, por conta do histórico de Thai, a música foi composta na linha do axé, seguindo a ideia de luau da letra. Ao ouvir o primeiro registro de voz e violão, Daniel imaginou que a canção poderia ser rearranjada com uma roupagem mais pop e rock, que se encaixaria no repertório da Banda da Hora e decidiu levar essa ideia adiante.

Advertisements

O produto final é um pop rock com elementos de  reggae e axé. O clima praiano, o pop levinho e a vibe positiva eram o que ele esperava da sonoridade da música. Suas principais referências musicais foram Paralamas do Sucesso, Kid Abelha, Jota Quest, O Rappa, Skank, Asa de Águia e Chiclete com Banana.

“A música trata sobre um casal que teve uma relação muito intensa e se reencontra anos depois da separação, que foi causada por um desencontro do qual nenhum dos dois teve culpa. Quando descobrem que foi apenas um mal entendido, se perguntam o que teria acontecido se tivessem ficado juntos, “E Se”. Quem nunca se perguntou como seria ter ficado com alguém de quem se gostou muito e por algum motivo isso não foi possível?” Conta Daniel.

Advertisements

Quem produziu e mixou foi Marcelo Lobato, tecladista e baterista d’O Rappa, que trouxe o extenso cardápio de possibilidades sonoras da sua formação. A masterização ficou por conta de Ted Jansen, responsável pela masterização de obras como: Hotel California ( Eagles); American Idiot (Green Day) e Come Away With Me (Norah Jones), em seu estúdio Sterling Sound, em Nashville/EUA.

Advertisements

Liderado pelo violonista e compositor Daniel da Hora, o grupo também é formado por Aprígio Bertholdo (Voz), Luke Trigueiros (Guitarra), Cadu Fausto (Teclados), Papito Mello (Contrabaixo) e Reinaldo Pestana (Bateria). Unida oficialmente em 2016, a banda veio consolidar o trabalho e os estudos de música de Daniel, autor de mais de 100 músicas e que concorreu para os sambas-enredo da Mangueira dos Carnavais de 2016, 2017, 2018 e 2020.

Daniel da Hora também é vencedor por três anos do festival Viva La Música, de Tenerife (Espanha). Em 2018, por menção honrosa pela composição original de “Abelhinha”. Em 2019, ganhou o prêmio principal (Troféu Platina) pela composição original de “Morena da Calçada”. E agora em 2020 conquistou o prêmio de Compositor Internacional de World Music, por “Meu Lugar”. As três canções fazem parte do repertorio da BDH.

Advertisements

Jornalista, 23 anos, produtor de conteúdo, trabalho com marketing digital na indústria fonográfica. E-mail: [email protected]

Advertisements