Connect with us

Música

Artistas e plataformas de streaming aderem ao #BlackoutTuesday

Avatar

Published

on

artistas da música se pronunciaram sobre o caso, com alguns até participando dos atos que estão acontecendo em todo os Estados Unidos, com HalseyAriana Grande e o casal Shawn Mendes e Camila Cabello. E agora, uma campanha em conjunto com gravadoras e até plataformas de streaming vai levar ainda mais o foco para o movimento Black Lives Matter (Vidas Pretas Importam, em português).

Advertisements

O #BlackoutTuesday, movimento organizado por Jamila Thomas e Brianna Agyemang, duas mulheres pretas da música, e que terá os artistas, formadores de opinião e gravadoras todos silenciados por um dia inteiro, sem publicações nas redes sociais, sem produção de conteúdo.

Advertisements

Alguns dos artistas, incluindo Selena GomezBillie EilishRihanna e Lady Gaga, fecharam suas lojas virtuais, tanto de músicas como de outros empreendimentos, como maquiagens, também como parte do #BlackoutTuesday.

Com a intenção de aumentar o foco nos movimentos anti-racistas ao redor do mundo, o Spotify fará várias ações em sua plataforma nesta terça-feira. O #BlackoutTuesday do Spotify terá as mais importantes playlists e podcasts de sua plataforma todas com as capas com imagens pretas e silêncios de exatos 8 minutos e 46 segundos também em várias de suas playlists e podcasts.

Advertisements

A duração do silêncio é o exato tempo que o policial Derek Chauvin passou com o joelho em cima de George Floyd e o asfixiando.

Advertisements

Apple Music também aderiu à campanha do #BlackoutTuesday e os seus usuários recebem uma mensagem ao abrir o serviço de streaming da Apple nesta terça-feira (02).

“Em firme suporte às vozes pretas que definiram a música, criatividade e cultura, nós usamos a nossa.

Esse momento nos chama para falar e agir contra o racismo e injustiça de todos os tipos. Nós estamos em solidariedade com as comunidades pretas em todo lugar.”

Advertisements

Advertisements