Após cantar com Simone e Simaria, Pabllo Vittar diz que se arriscará em diversos gêneros

Naiara Azevedo, Paula Fernandes, Simone e Simaria, Paula Mattos… Não faltam nomes femininos na nova cena sertaneja. Recentemente, até Pabllo Vittar deu uma canja ao lado das baianas apelidadas pelos fãs de “coleguinhas”.

— Vocês vão ver Pabllo Vittar no reggae, no samba, no sertanejo, no rock…Eu quero é me divertir! — anuncia a drag queen, que está prestes a lançar uma parceria musical com Lucas Lucco.

Em entrevista ao canal Treta Show, do Jornal Extra, Paula Fernandes defende a ascensão feminina no cenário musical antes dominado por cantores.

— Mulher cantando música sertaneja era bem mais difícil. Compondo, tocando violão… Eu levanto a bandeira da mulher empoderada mas tem uma diferença entre você querer ser superior ao homem e querer se igualar ao homem. É a minha filosofia de igualdade, e até uma questão de educação — opina Paula Fernandes, que tem mais de 20 anos de carreira.

Até Wanessa Camargo, que iniciou a carreira no pop há 16 anos, lançou-se na música cantada pelo pai e pelo tio, Zezé Di Camargo & Luciano, há um ano.

— Eu sou a mais veterana (entre as mulheres sertanejas)? Mas eu me sinto começando! Quantos anos tem Marília? Faz a conta de quando eu comecei a cantar! — brinca a filhja de Zilu Godoy, comparando-se a Marília Mendonça, de 23 anos.

Gustavo Neves

Além de gerenciar o conteúdo internacional do portal, trabalho com marketing digital na indústria fonográfica com serviços prestados à gravadoras. E-mail: contato@portalpopcyber.com